Escolha uma Página

consignado inadimplênciaAlém da negativação nos órgãos de proteção ao crédito, estar inadimplente no mercado pode gerar consequência desagradáveis e que afetam o seu cotidiano.

Todavia, para quem está nesta situação e deseja ter nome regularizado no mercado novamente, o empréstimo consignado pode ser uma ótima opção. Além disso, possui taxas de juros reduzidas, se comparadas a outras modalidades de crédito pessoal.


A crise no Brasil e a inadimplência

Diante do cenário de recessão econômica no Brasil juntamente com a falta de planejamento financeiro, a inadimplência está crescendo cada vez mais entre a população. Segundo dados do Serasa Experian, o número de negativados no país totalizaram 61,9 milhões de pessoas em 2018, principalmente nas classes D e E.

A pesquisa ainda aponta que os bancos e os cartões de crédito lideram o ranking de inadimplência no país. E, em seguida, pode-se destacar o setor de utilities com contas de energia elétrica, gás e água.

Sabe-se que possuir restrições no nome gera diversas consequências desagradáveis. Logo, além do constrangimento com cobranças inoportunas, estar com CPF restrito no mercado pode impedir o tomador de abrir uma conta corrente, alugar um imóvel ou mesmo realizar uma compra a prazo.

Todavia, para regularizar a inadimplência, o crédito consignado é uma modalidade de empréstimo que pode te auxiliar para quitar dívidas. Além disso, as condições para contratação e os prazos de pagamento oferecem vantagens exclusivas até mesmo para quem está negativado. Isto é, as taxas de juros são até 6 vezes mais baixas, se comparadas ao cheque especial, que giram em torno de 300% ao ano, por exemplo.

O empréstimo Consignado e a inadimplência

Empréstimo consignado é uma modalidade de crédito pessoal que oferece vantagens diferenciadas, além de ser direcionado para um público específico. Ou seja, podem solicitá-lo servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS.

O diferencial do empréstimo consignado é o fato de o valor das parcelas ser deduzido diretamente da renda mensal do tomador. Com isso, evitam-se atrasos no pagamento da fatura e os bancos contam com maior garantia que o empréstimo será quitado.

Confira abaixo quais são as principais vantagens de solicitar o empréstimo consignado e como ele pode  ser uma boa opção para ajudar a regularizar o seu nome no mercado.

Taxa de juros baixa

As instituições financeiras possuem flexibilidade para aplicar taxas de juros mais atrativas no empréstimo consignado. Como as parcelas são debitadas automaticamente da renda mensal do tomador, os bancos oferecem taxas de juros menores. Isso acontece, pois eles estarão menos expostos ao risco do tomador não quitar o valor total da dívida.

Além dos juros serem regulamentados pelo Banco Central, eles giram em torno de  2,10% ao mês e são pré fixados no momento da contratação. Com isso, você fica sabendo o valor que irá pagar pelo empréstimo do início ao fim de seu contrato. Sem surpresas!

Margem consignável

A margem consignável é estipulada por lei e estabelece qual será o valor máximo da renda mensal do tomador que pode ser direcionada para o pagamento do empréstimo consignado. Assim, com o objetivo de evitar o superendividamento do solicitante, a margem é limitada a até 30% de seu salário.

A margem consignável também impede que o tomador solicite uma quantia de crédito que não tenha recursos para quitar posteriormente. Além disso, garante que haja uma quantia mínima para pagamento das despesas básicas, como alimentação, água e luz.

Trocar dividas

Para quem está inadimplente, o consignado pode ser utilizado como recursos para quitar dívidas em aberto. Pois, além de te auxiliar regularizar seu nome no mercado novamente. Isto é, você vai trocar dívidas caras e com juros alto, por uma mais barata e com taxas menores. Confira o exemplo abaixo para entender melhor:

Exemplo:

Por algumas dificuldades pontuais, Luíza está com algumas dívidas em aberto e, por consequência, ficou inadimplente no mercado. Quer dizer, além do aluguel atrasado no valor de R$800, as contas de energia e luz também se acumularam e somam o valor de R$350 e mais R$250 da parcela do cartão de crédito.

No total, Luíza possui um valor de R$1.200 em dívidas. Considerando que ela solicite um empréstimo consignado neste valor e com a taxa de juros de 2,10% ao mês, o valor das  parcelas mensais de seu empréstimo será de aproximadamente R$32,47. Ou seja, um valor que cabe no bolso da Luíza e quita suas dívidas. Além de limpar o seu nome no mercado e devolver a paz de espírito!

Disponível para negativado

Como explicado, o crédito consignado é uma das modalidades de empréstimo com menor risco de inadimplência. Sendo assim, os bancos e instituições financeiras não realizam consulta aos órgãos de crédito como Serasa e SPC. Dessa forma, mesmo quem está negativado no mercado também pode solicitar um empréstimo consignado, sem que haja surpresas ou burocracias. O crédito é aprovado e o tomador fica tranquilo.


Agora, você sabe que mesmo inadimplente o consignado pode ser uma ótima opção de crédito e que oferece inúmeras vantagens. Por isso, não perca tempo e saiba qual é o melhor banco para fazer empréstimo consignado!