Escolha uma Página

bancos consignado

O empréstimo consignado é um benefício controlado pelo governo, que também normatiza sobre as taxas a serem cobradas e o limite da renda que poderá ser destinada ao pagamento do crédito.

Contudo, muita gente se questiona se as condições oferecidas pelos bancos no crédito consignado também são padronizadas. Portanto, disponibilizamos informações que irão ajudá-lo a esclarecer essa dúvida, para que possa tomar uma decisão mais consciente.

 

Crédito consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito disponibilizada para aposentados e pensionistas do INSS e para os servidores públicos. Todavia, diferentemente das outras modalidades de crédito, em que as parcelas são normalmente pagas por boletos, as parcelas do consignado são descontadas diretamente da folha de pagamento do tomador pelo órgão pagador, como o INSS e SIAPE.

Além disso, trata-se de uma modalidade que oferece prazos mais amplos e flexíveis para pagamento. Assim, para os aposentados e pensionistas do INSS é possível pagar o empréstimo em até 72 parcelas e os servidores públicos, em até 96 vezes. Entretanto, o prazo mínimo em que é possível dividir o valor solicitado é de 6 meses.

Contudo, também existem outras condições que são regulamentadas pelo governo. São elas:

 

Margem consignável

A margem consignável é o limite da renda que pode ser comprometida para pagamento do consignado, essa margem é de 30% do salário ou benefício do solicitante. Dessa maneira, é possível manter um controle sobre os gastos com empréstimos.

 

Taxa máxima de juros

A taxa de juros máxima que pode ser cobrada no empréstimo consignado é de aproximadamente 2,10% ao mês. Ou seja, essa taxa pode até ser menor, mas nunca maior do que a estipulada pelo Banco Central.

 

Linhas de crédito

O beneficiário pode ter até 9 linhas de empréstimo, com bancos diferentes ou no mesmo banco, desde que a soma das parcelas dos empréstimos não ultrapasse os 30% da margem consignável. Isto é, pode-se contratar vários empréstimos diferentes, mas é necessário respeitar os limites expostos.

 

Os diversos bancos para consignado

Apesar das condições para o empréstimo consignado serem regulamentadas pelo Banco Central e INSS, os bancos podem oferecer taxas menores que o teto estabelecido. Dessa forma, gera-se competitividade no mercado.

Assim, confira abaixo as taxas de juros cobrados pelos principais bancos que oferecem o empréstimo consignado.

Principais Bancos Taxa de juros mensal 
Olé Consignado 1,86%
Bradesco 1,83%
Banco do Brasil 1,92%
Banco Itaú 1,97%
Banco BMG 2,00%
Banco Pan 2,02%
Caixa Econômica 1,68%
Mercantil do Brasil 2,09%
Banco Daycoval 1,83%
Banco Safra 1,81%

*Informações extraídas do site do Banco Central, atualizadas em 8 de Abril de 2019

 

Compare os Bancos

Para escolher o melhor banco para contratar uma operação de empréstimo consignado, é preciso analisar bem as condições oferecidas por cada um antes. Sendo assim, ao invés de ir de banco em banco, enfrentar filas de espera apenas para orçar um crédito, recomendamos utilizar sites e aplicativos de crédito que ofereçam esse tipo de serviço de forma online, confiável e atualizada. Dessa forma, você conta com mais conforto e segurança.

Todavia, é muito importante verificar, ainda, se o site ou aplicativo utilizados possuem certificados de segurança para proteger seus dados e possíveis transações. Além disso, assegure-se de que a plataforma oferece informações atualizadas para que você faça uma escolha segura.

Saiba mais sobre empréstimo seguro no artigo: Empréstimo seguro: Qual a melhor maneira de contratar?

 

Saiba mais sobre o consignado!

Para contratar o empréstimo ideal para a sua necessidade e com as melhores condições é preciso ter uma base muito rica de informações sobre o assunto. Por isso, o getcredito.com oferece conteúdos explicativos de forma prática para você fazer uma solicitação tranquila e consciente. Assim, sugerimos que confira outros artigos importantes:

Empréstimo Consignado: Saiba quais são as 12 dúvidas mais comuns

Portabilidade empréstimo: Quais são as vantagens e desvantagens?

Refinanciamento Consignado: Saiba como funciona!